terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Maratona de Programação 2014 - Equipe Don't Care

Olá pessoal, a Final Brasileira da Maratona de Programação 2014 já ocorreu, demorei um pouco para falar por falta de tempo, mas ainda estamos em 2014, então vou falar um pouquinho sobre o ano de competições, sobre as competições em si e sobre a equipe Don't Care.

Bem, eu participo de competições desde o segundo período do curso de Ciência da Computação. Essas competições de programação são competições por equipe, a equipe é formada por 3 pessoas mais um reserva.

Em 2011 formamos a equipe Don't Care para participar da Meia-Maratona de Programação em um evento da UFPI (Universidade Federal do Piauí) promovido pelo Centro Acadêmico de Computação. Na ocasião tinha duas categorias: junior e senior. Acabamos tendo que participar da categoria junior por estarmos no começo do curso.

A meia-maratona foi nossa primeira competição, nós ganhamos, a equipe era formada por mim (Marcos Castro), Francimar Alves e André de Lima, o reserva era o Luckas Moreno.

Ainda em 2011 aconteceu a Primeira Fase Brasileira da Maratona de Programação daquele ano. Essa primeira fase é uma fase regional que classifica para a Final Brasileira da Maratona de Programação. A Final Brasileira é a mesma Regional Sul-Americana.

Pois bem, ganhamos a fase regional e passamos para a final brasileira. A sede Teresina classifica apenas um time, ou seja, precisa ganhar a competição para ir à final brasileira.

Fomos à final, mas não participamos por problemas burocráticos (não conseguimos viajar), ficamos um pouco frustrados, mas tudo bem, tínhamos várias competições ainda pela frente.

Em 2012 a UFPI começou a fazer seletivas para poder selecionar os times que iriam representá-la na Primeira Fase Brasileira da Maratona (Fase Regional). Iriam ser selecionados 3 times da UFPI para participar da regional brasileira, ficamos em terceiro e, portanto, conseguimos a vaga.

Fomos então participar da Primeira Fase Brasileira da Maratona de Programação 2012 - Sede Teresina, conseguimos ganhar novamente e, portanto, garantimos vaga na Final Brasileira daquele ano, era mais uma oportunidade para participar de um grande evento que é a maratona de programação. Segue uma foto da Primeira Fase Brasileira - Sede Teresina:

(clique na imagem para vê-la em tamanho maior)

Conseguimos viajar, fomos à Londrina-Paraná, foi um evento grandioso, não conseguimos uma boa classificação, mas participar foi muito significante. Segue uma foto desse evento:

(clique na imagem para vê-la em tamanho maior)

A Final de 2012 era a nossa primeira final participando de fato, conhecemos pessoas maravilhosas, foi uma experiência fantástica que contribuiu muito para nossa formação.

Em 2013 voltamos novamente às competições de programação. Participamos da seletiva da UFPI e conseguimos o terceiro lugar. Como eram 3 vagas para selecionar os times da UFPI que iriam representá-la na Primeira Fase Brasileira, conseguimos passar novamente.

Porém não conseguimos classificar para a Final Brasileira de 2013, ficamos em terceiro lugar na Primeira Fase - Sede Teresina, só o primeiro classifica. Em 2013 o reserva mudou para o Thiago Sousa.

Em 2014 (se aproximando do final do curso) resolvemos participar novamente. No ano de 2014 também pagamos uma disciplina focada em Maratona de Programação. Participamos da seletiva interna da UFPI e ficamos em segundo lugar, portanto, conseguimos a vaga para participar da Primeira Fase Brasileira - Sede Teresina.

Na Primeira Fase Brasileira, o segundo time fez a mesma quantidade de problemas que nós fizemos, mas nós fizemos num período de tempo menor, portanto, conseguimos o primeiro lugar e pela terceira vez ganhamos a Primeira Fase Brasileira da Maratona - Sede Teresina. Ganhar uma vez já tinha sido bom, ganhar três vezes então, foi algo muito bom. Segue uma foto:

(clique na imagem para vê-la em tamanho maior)

Fomos então participar da Final Brasileira da Maratona de Programação 2014 (Regional Sul-Americana). Esse evento ocorreu em Fortaleza (universidade UNIFOR). Foi mais um evento grandioso, conhecemos pessoas fantásticas, times de todas as partes do Brasil competindo, interagindo, realmente foi um evento ímpar. Aí vai uma foto:

(clique na imagem para vê-la em tamanho maior)

Nosso resultado na Final de 2014 foi melhor que o nosso resultado de 2012 e melhor que o resultado do time que participou em 2013. Em 2014, conseguimos ficar em 33 de 58 times. Lembrando que em 2014, mais uma vez o reserva foi trocado, dessa vez com a participação do Milton Segundo.

Bom pessoal, eu participei de várias competições oficiais e dezenas de treinos. Posso garantir que participar de Maratonas de Programação foi algo espetacular, ter se dedicado foi realmente muito importante, não só pelas vitórias, mas pela evolução do aprendizado quando se participa desse tipo de competição.

A Maratona de Programação promove a ampliação do aprendizado (você pesquisa bastante para tentar resolver aquele problema difícil), o trabalho em equipe, treina situações de estresse onde você tem que resolver problemas em um curto período de tempo, enfim, são vários benefícios que você irá obter participando dessas competições.

Bem, nós não podemos participar da Maratona de Programação a partir de 2015 porque já atingimos os limites. A Final Brasileira de 2014 foi a última com a gente participando e competindo de fato. Na edição passada teve uma categoria chamada café-com-leite que podiam participar quem quisesse só por diversão (sem concorrer a vaga pro mundial), quem sabe a equipe Don't Care se reúna de novo para relembrar os velhos tempos.

Meus agradecimentos a todos os membros que participaram da equipe (titulares e reservas). Também aos técnicos: Rodrigo Veras, Carlos André e Rosianni Cruz.

(clique na imagem para vê-la em tamanho maior)


Nenhum comentário: